Enfrentando o Mercado de Trabalho de Forma Errada

10 Sinais
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

10 Sinais que você está enfrentando o Mercado de Trabalho de forma errada!

Nem sempre quem está na busca por um emprego descobre o que não está funcionando na sua jornada. Para ajudar a entender e a descobrir veja os 10 Sinais que você está Enfrentando o Mercado de Trabalho de Forma Errada e o que é possível fazer:

  1. Não têm claro quais são as suas competências.

Como você poderá se apresentar ao mercado sem saber em que você pode, efetivamente, fazer a diferença? Descubra em quais funções ou tarefas você é competente e invista nisto. Veja o vídeo: “Um Lance de Sorte?”

  1. Não saber apresentar suas competências de forma a ser competitivo.

Imagine um grande jogador de futebol ou de outros esportes. Como ele se apresenta, para causar um bom impacto a quem não o conhece? Com certeza mostrando seus piores momentos é que não será. Seus melhores momentos são escolhidos e seus resultados enaltecidos. Veja o vídeo: “Como o Profissional Pode Valer Mais?”

  1. Ter vergonha de se apresentar ou falar de si mesmo.

Os grandes astros do cinema, televisão, ou na área esportiva, são treinados para saberem aproveitar todas as entrevistas e com elas criarem uma imagem positiva. Os que não sabem, acabam destruindo potenciais carreiras.

  1. Distribuir o currículo de forma errada.

Não sabe onde seu currículo foi parar? Não se lembra para quem já entregou e nem para quais cargos ou vagas? Distribui via email para uma lista enorme, sem nenhuma personalização e, por isso, não sabe quem viu ou abriu o seu email? É preciso cuidar da sua publicidade. Administrar para quem e como sua mensagem deve chegar.

  1. Ter um texto/email de apresentação que não apresenta nada.

“Meu objetivo é fazer parte desta empresa, contribuindo para os resultados e construindo uma carreira de sucesso. Estou disposto a novos desafios e mudanças de cidade ou estado”… Parece bom, mas é só isso. E cadê o cargo? Cadê a área de atuação? Não espere que quem quer te contratar vá abrir o seu email e descobrir o que você pretende. Você precisa apresentar isto e rapidamente!

  1. Não saber como se portar numa entrevista.

O que posso falar? O que devo evitar falar? Que partes do meu histórico profissional ou das minhas competências (Conhecimentos, Habilidades e Atitudes) devo dar destaque? Não dá para deixar para pensar sobre isto na hora da entrevista. É correr um grande risco de fracasso. Um grande cantor não deixa para escolher o que cantar e falar ao seu público na hora do show. Tudo é preparado antes. Tudo é ensaiado antes.

  1. Não fazer divulgação produtiva de sua imagem.

As mídias sociais são excelentes para divulgar uma imagem. Mas também são campos minados para destruir uma imagem. Cuide do que postar. Não só do conteúdo, mas também das imagens em que aparece. Não é legal, sair mal na foto. Principalmente para o Linkedin, escolha uma foto profissional.

  1. Usar de forma errada as mídias sócias.

Facebook é mais social (pessoal). Linkedin é mais profissional. Não misture estações. Escolha o que vai postar, sempre pensando no impacto que isto pode causar a sua imagem pessoal ou profissional. Na dúvida, não publique. Veja o vídeo: “Emprego e Trabalho nos Dias Atuais”.

  1. Não acompanhar o mercado de trabalho.

É preciso estar atento a que áreas estão se expandindo e com potencial de contratação. E que áreas não estão contratando. O mesmo vale para cidades ou regiões. Muitos profissionais ficam sabendo de oportunidades depois que elas passaram. E a desculpa, normalmente é: “não sabia que estavam contratando”. Chegue antes. Antecipe-se. Para isto é preciso estar atento às noticias e ao mercado de atuação. Veja o vídeo: “Educação e Engajamento”.

  1. Ter uma postura passiva na busca de oportunidades.

Frases comuns: “Eu já entreguei meu cv e ninguém me chama”; “Não sei onde devo colocar o meu cv”; “Estou esperando a empresa Xis me chamar”; “Estou esperando um amigo me indicar na empresa Z”. Estas frases demonstram uma postura de alguém que espera ser encontrada, não de alguém que quer encontrar. Veja o vídeo: “Vai Entrar em Campo ou Não?”

 

Se você percebeu um destes sinais, como diria um velho locutor esportivo: “Agora não adianta chorar”. Parta para a ação. Decida o que vai fazer, mas faça. Nem que seja um passo por dia, mas, efetivamente, faça. Toda ação gera uma reação. E se a reação, ou o resultado, não estão de acordo com o esperado, não desanime. Vá modificando a ação, até chegar ao resultado. E continue na ação, pois nunca estaremos totalmente prontos e formados.

 

Toni Coelho

Consultor da CITYRH

Co-Autor da Série de e-books: Novo Emprego – Tudo Que Você Precisa Saber Para Conquistá-lo!

Adquira pelos links:

Ebook 1:https://go.hotmart.com/I5670350N

Ebook 2:https://go.hotmart.com/W5670414T

Ebook 3: https://go.hotmart.com/Y5670454D


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

support
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×